Pesquisar este blog

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Em Retrospecto

Esse foi o ano mais produtivo e bem-sucedido da história — ainda curta — deste blog.  Nunca antes na história deste blog se escreveu tanto e com regularidade. Foram 115 posts (116 com esse). E poderiam ter sido mais, pois eu só me acostumei a blogar regularmente a partir de agosto. Eis uma seleção, segundo este autor que vos traça esta linha cheia de interpolações, das melhores postagens deste ano que já está nos 47 do segundo tempo:

6.000 anos em sequência

Contar seis mil anos de história conhecida com detalhes e, ao mesmo tempo, com brevidade parece uma loucura. Contar a História de uma forma que ainda por cima seja prontamente reconhecível e tenha linguagem universal pode parecer mais difícil ainda.

A não ser, é claro, que se use um desenho aliado a uma linha do tempo. Ou seja: arte sequencial, quadrinhos. É o que fez o artista italiano Milo Manara na obra a seguir.

[Originalmente, esta representação gráfica da História não tinha palavra alguma. Como eu sei que nem todo mundo gosta de História, tomei a liberdade de indicar os períodos históricos representados, para que ninguém se perca.] 

Clique para ampliar:


O resultado não poderia ser mais claro: a História da Humanidade pode ser resumida a episódios recorrentes e interdependentes de Violência, Sexo e Intrigas.

Embora os puritanos torçam o nariz para as representações eróticas — e o erotismo não deixa de ser parte inseparável da natureza humana —, esta obra pode ser um ótimo recurso pra mostrar pro pessoal do fundão que História é legal.

E pra mostrar pra todo mundo todas as besteiras que já cometemos.

___________________
Onde eu achei? É óbvio!

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

S.I.G.L.A.

Eis aqui um pequeno dicionário que revela o sentido completo de palavras comuns:

C.Ad.E.R.No = Centro Adaptado p/ Escrita de Relatos e Notas
C.A.S.A. = Caixa Adequada à Sobrevivência Autônoma
C.U.R.V.A. = Circunferência Unitária Racionada e Variável em Ângulo

M.O.E.D.A. = Meio de Operação Econômica Derivado de Aço
M.U.R.O. = Meio Utilizado p/ Restrição e Obstáculo

P.O.E.S.I.A. = Palavras Ordenadas em Estruturas Sonoras por Iniciativa Artística

S.I.G.L.A. = Sistema Informativo Gerado por Letras Arranjadas

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

O Paradoxo do Prefácio



Muitos autores começam um livro com um prefácio (ou uma introdução, um prólogo, um prelúdio ou um intróito). Em todo caso, é comum que o autor diga que em algum lugar do livro há um erro. Mas os autores que escrevem esse tipo de aviso acreditam ou não no que escrevem?

domingo, 27 de dezembro de 2009

Um apelo familiar

O que aconteceria se uma garota fugisse da casa da família na Inglaterra da Era Vitoriana (1836-1901)? O anúncio a seguir, publicado nas páginas de um jornal de Londres, dá uma ideia da vida privada de uma família londrina:
Se isso chegar aos olhos de Emma D---, que se ausentou da casa de seu pai na última quarta-feira, implora-se para que ela retorne, com o que ela será bem recebida com afeto intacto por seus parentes de coração quase partido. Se nada puder persuadi-la a ouvir o nosso apelo — ela pode estar determinada a nos dar cabelos grisalhos e arrependimento até o túmulo —, se ela nunca pensar em revisitar a casa onde passou anos tão felizes, esperamos, pelo menos, que ela não tenha perdido completamente o senso de propriedade e que ela irá, sem maiores atrasos, devolver-nos a chave da caixa de chá.

— Anúncio num jornal de Londres apud The Tin Trumpet, de Jefferson Saunders (1836)

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Os ateus e o natal



Afinal, os ateus participam do natal? Comemoram? O que é o natal para um ateu?

OBS: Antes de responder, porém, quero deixar claro aos não-ateus que as respostas apresentadas aqui são pessoais, pois, para quem não sabe, não há uma doutrina ateísta, com respostas padronizadas para tudo.  Tampouco há uma autoridade ateísta, cujas palavras viram lei. Aliás, essas são coisas que os ateus detestam.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Então é natal...

Ah, o espírito natalino toma conta dos lares... Até que os presentes sejam entregues. Por que depois pode dar nisso:



E nem precisa de um Wii. Depois que a tua mãe descobrir "Colheita Feliz" no orkut ou "FarmVille" no Facebook, é melhor você dar adeus ao computador que até então ela odiava.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

"Que língua é essa?" - Resposta

Essa foi difícil mesmo. Até pra mim.
Sumer is icumen in,
Lhude sing cuccu!
Groweth sed, and bloweth med,
And springth the wude nu—
Sing cuccu!

Estes versos, escritos por volta de 1260, estão em Médio Inglês, o Inglês da Idade Média. Talvez assim seja mais familiar:

Um Ilustre Desconhecido (e um Engraxate)

Em 1838, um homem entrou para a história enquanto engraxava suas botinas:





O homem e seu engraxate (abaixo e à esquerda, na esquina) eram os únicos seres vivos que permaneceram parados enquanto Louis Daguerre tentou tirar essa foto de uma movimentada rua de Paris. Como o filme foi exposto por 10 longos minutos, o movimento do tráfego não foi captado — e aquele senhor anônimo ali do lado foi a primeira pessoa da História a aparecer numa fotografia.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Que língua é essa?

 Tentem descobrir qual é a língua em que foi escrito esse pequeno poema:
Sumer is icumen in,
Lhude sing cuccu!
Groweth sed, and bloweth med,
And springth the wude nu—
Sing cuccu!
Resposta depois de amanhã.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Frase Sedentária da Semana



"Eu odeio todos os esportes tão fanaticamente quanto uma pessoa que gosta de esportes odeia o senso comum"
— Henry Louis Mencken (1880-1956)

H. L. Mencken, como ele assinava, foi um jornalista norte-americano célebre por suas frases de efeito — como a acima — que sempre criticavam de maneira ácida e irônica o próprio american way of life. É autor do famoso Livro dos Insultos. Foi considerado por muitos como o "Nietzsche americano", o que pode ser exagero.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Em uma palavra [7]

NANOEMPRESÁRIO
subst. masc. (neolog.) empreendedor não reconhecido pelo governo por não pagar impostos e, eventualmente, comercializar produtos importados e/ou produzidos de forma ilícita. Sinônimo genérico: Camelô.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Os perigos do Verão

O Verão está chegando — e com ele, as férias. Mas ambos têm seus perigos. Protejam-se!




Tirinha perfeita pra quem — como eu — acabou de entrar de férias da facul.

Adaptado do academicamente divertido PHD comics.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Tempestade Telefônica

Desde 1998, um piloto naval aposentado começou a receber uma enxurrada de telefonemas furiosos e semi-coerentes. Ele vive na Califórnia, mas as ligações chegam de praticamente todos os Estados norte-americanos.

Nas ligações, as pessoas reclamavam dele, culpavam-no por chuvas torrenciais ou por perdas em safras agrícolas. "Algumas pessoas até chegavam a me amaldiçoar abertamente e, ressentidas, perguntavam-me se eu não poderia fazer parar de chover.", diz o ex-navegante.

O nome dele é Al Nino, mas as pessoas o confundem com o El Niño, um fenômeno oceano-meteorológico. Como fenômenos climáticos não são pessoas e, portanto não têm telefone — e as pessoas ainda parecem que não sabem que o termo é espanhol —, sobrou para o nosso pobre aposentado californiano. Apesar dos transtornos, ele diz que leva tudo com bom humor e não tirou seu número da lista telefônica.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Síndrome de Delete

Você já deve ter passado pela desagradável experiência de perder um trabalho importantíssimo por que esqueceu de salvá-lo ou por que o PC precisou ser formatado (depois de ser misteriosamente infectado) e você não fez um back-up. Mas esse sentimento de perda, que poderíamos chamar de Síndrome de Delete, não é novidade no mundo da literatura — ainda que os motivos da perda fossem outros.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Obama, Harry Potter e um pastor ocultista


Assim como tem gente que acredita que o mundo vai acabar em 2012, há quem veja o anticristo, a besta-fera apocalíptica em Barack Obama. Só por que ele é um presidente "diferente", com um nome estranho e, para alguns, uma origem obscura. A paranóia é típica dos carolas conservadores.

Um bom exemplo — se é que se pode chamar de bom — está  nas palavras "reveladoras" do pastor evangélico e líder fundamentalista David J. Mayer, publicadas em seu newsletter on-line, o Last Trumpet Ministries:

sábado, 12 de dezembro de 2009

Carruagens sem Cavalos e Psicógrafos Automáticos

Em meados do século XIX, as palestras do escritor norte-americano Andrew Jackson Davis  (1826-1910) não eram um sucesso de público. Mas deveriam ser. Seu livro chamado "Penetrália" (sem trocadilhos, por favor), foi publicado em 1856 e previa tanto o automóvel quanto a máquina de escrever:
"Olhem para esses dias e vejam charretes e carruagens viajando pelas estradas — sem cavalos, sem vapor, sem qualquer força motriz visível — e movendo-se com maior velocidad e maior segurança do que no presente. Carruagens serão movidas por uma estranha, bela e simples mistura de gases aquosos e atmosféricos tão facilmente condensados, tão simplesmente combustíveis numa máquina que talvez lembre os nossos engenhos, inteiramente concebida e para se colocar entre as rodas dianteiras (...)

"Eu quase me sinto quase movido a inventar um psicógrafo automático, isto é, um escritor artificial. Seria construído mais ou menos como um piano. Uma parte da escala é formada pelas teclas para representar os sons elementares, outra serve para representar uma combinação e outra ainda para uma rápida recombinação. Assim, uma pessoa, em vez de tocar uma peça de música, poderia tocar um sermão ou um poema!"
Davis foi um dos primeiros espíritas da América, tendo relatado esperiências que envolvem superconscência, levitação, visões, encontros com espíritos de pessoas mortas. Entretanto, Davis teve uma educação pobre e era filho de uma família nômade. Isso explicaria por que, entre a carreira de sapateiro e de palestrante espírita, ele escolheu a última.

Essas previsões podem parecer bastante exatas, mas não passam de um golpe de sorte para Davis.  Por coincidência, elas se realizaram e antes do fim do século XIX, quando ele ainda era vivo. Mas a maior parte de suas outras visões jamais se realizou.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Radialismo FAIL!

Morre Lombardi. Perde-se o locutor mas não se perdem piadas do tipo:
A morte foi atrás do Silvio e ele disse: "É com você, Lombardi, oeê!".

Infame mesmo foi a "homenagem" prestada por um locutor da rádio Gravatá ao informar seus ouvintes da morte da voz do SBT. Utilizando-se de um apurado faro jornalístico e da sofisticada técnica da "recortagem virtual" — num oferecimento da agência de notícias Gillete-Press —, o colega de trabalho do Lombardi simplesmente usou a "Descipédia" (sic) como fonte.



Para quem está boiando — se é que isso é possível —, a Desciclopédia é uma hilária paródia da Wikipédia. Mas o experiente locutor não soube distingui-las e certamente clicou no primeiro link que achou.

Apuração é trabalho para os fracos.

Uma prova viva de que o diploma de jornalismo é desnecessário.

Esse locutor é um Sedentário mesmo...

Em uma palavra (com números!)

HENDECADIVISIBILIDADE
subst. fem. qualidade de um número que é divisível por 11. Adj: Hendecadivisível. Etim.: do grego en- ou hen- para um e deca, dez. Hendeca portanto, é onze.

Para descobrir se um dado número é divisível por onze — se ele é Hendecadivisível —, basta somar os dígitos que aparecem nas casa pares (primeira, terceira, quinta...) e em seguida somar os dígitos das casas ímpares (segunda, quarta, etc). Se a diferença entre as duas somas for igual a zero ou a um múltiplo de 11, o número original também é um múltiplo de 11.

Por exemplo:

2180743199019


  • Soma dos dígitos nas casa ímpares = 2 + 8 + 7 + 3 + 9 + 0 + 9 = 38
  • Soma dos dígitos nas casas pares = 1 + 0 + 4 + 1 + 9 + 1 = 16
  • Diferença: 38-16 = 22

Como 22 é um múltiplo de 11 (= 11x2), 2180743199019 também é Hendecadivisível.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Mas que pergunta!

Certa vez, alguém fez a seguinte pergunta a Jean Cocteau: "Suponha que sua casa está em chamas e você só possa remover uma coisa. O que você tiraria?"

Cocteau parou para pensar e respondeu: "Eu tiraria o fogo."

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Teatro Twitter



Até onde se sabe, a peça teatral mais curta do mundo é The Exile [O Exilado], de Tristan Bernard. Eis o roteiro completo do ato único:

(A cortina abre-se para um cenário com um montanhista numa cabana remota. Um exilado bate à porta)

EXILADO: Quem quer que esteja aí, tenha pena de um homem caçado. Minha cabeça está a prêmio.

MONTANHISTA: Quanto custa?

Pano ultra-rápido. A peça é tão curta que as duas únicas falas caberiam numa twittada!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Solução: "Troca-Letras"

Antes tarde do que mais tarde!

Se você não viu o enigma "Troca Letras", veja agora.

Se você já quebrou a cabeça, a resposta está a seguir.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Sagan e o Google

Neste trecho da clássica série Cosmos, Carl Sagan nos dá uma idéia da relação entre o infinito e números grandes como 1 milhão, 1 bilhão, 1 google (ou googol, como se escrevia na época) ou 1 googleplexo. Num momento hilário, ele mostra o resultado de tentar escrever 1 googleplexo por extenso (literalmente por extenso):



Carl Sagan foi o maior divulgador científico do século 20 e, ao lado de nomes como Albert Einstein e Richard Feynman, ainda é um dos cientistas mais pop da História. Astrônomo de formação, Sagan tornou-se famoso no meio científico como pioneiro do campo da exo- ou astrobiologia (estudo da vida fora da Terra). Ele descobriu e explicou os motivos das altas temperaturas de Vênus: um efeito estufa de larga escala. Pacifista, lutou pelo desarmamento nuclear e passou boa parte da vida alertando o planeta sobre as ameaças fatais da guerra nuclear e do efeito estufa.

Tornou-se reconhecido pelo público por sua vasta bibliografia e por um bordão da série Cosmos que sempre negou, mas acabou admitindo e virou título de seu último livro: "Bilhões e Bilhões" (com ênfase no B). Era um ateu moderado, com um profundo senso de humanismo.

sábado, 5 de dezembro de 2009

Galanteio Mecânico

Vossa Senhoria usa chapéu? Já esteve na embaraçosa situação de ter as duas mãos ocupadas enquanto uma dama passava por você? V. Sª. já deixou de cumprimentá-la por isso? Vossos problemas acabaram! Apresentamos-lhe o primeiro e único Levantador Mecanizado de Chapéus da Tabajara-Acme International Corporation:


Ligue agora pois somente durante os próximos 5 minutos V. Sª. terá um incrível abatimento de 66,6% e ainda ganhará uma maravilhosa anágua para presentear a sua senhora!

James Boyle patenteou este mecanismo para levantar o chapéu dos senhores em 1896. Segundo a patente, o "chapéu está firmemente assegurado pelas partes móveis do mecanismo que levanta-o, faz uma volta completa com ele e deposita-o corretamente na cabeça de seu dono a cada vez que o mesmo balança sua cabeça e, depois, assume uma postura ereta."

A moda, porém, não pegou. Talvez as senhoras da belle époque não tenham gostado desse tipo de galanteio artificial.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Jogar no sábado e acertar na sexta

A escola pública da cidadezinha de College Corner, Indiana, fica bem na divisa com o Estado de Ohio — tão na divisa, que a fronteira linear típica dos Estados norte-americanos atravessa o ginásio local. Assim, quando a bola de basquete é lançada para o alto no começo do jogo, os jogadores de cada time pulam em Estados diferentes: um em Ohio e outro em Indiana.

E tem mais: até 2006, quando Indiana adotou o horário de verão, era possível jogar uma bola do lado de Ohio e fazer uma cesta uma hora mais cedo em Indiana.

Pra quem duvida, tá no Google:

Exibir mapa ampliado

Troca-letras

Para os amantes da língua inglesa, eis o desafio de uma charada criada por Isaac Asimov:
Qual é a palavra em Inglês que muda de pronúncia quando se escreve com letra maiúscula?

Dicas: 1) Além da pronúncia, muda também o sentido e até a classe gramatical da palavra. 2) Há mais de uma solução, embora Asimov tenha pensado em apenas uma.

Deixem suas respostas nos comentários e aguardem! Como esse é difícil, por que é em Inglês, vou deixar a solução para terça. 

Enjoy!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Direto no Público-Alvo!

Certa vez, há muito tempo, um florista nova-iorquino chamado Max Schling colocou um anúncio classificado no New York Times. A diferença é que o anúncio era inteiramente taquigrafado.

Isso não era pão-durismo de Mr. Schling — um anúncio no NYT nunca foi lá muito barato. Na verdade, era uma jogada de marketing. Centenas de empresários leram o anúncio cheio de abreviaturas e, curiosos, pediram uma "tradução" para suas secretárias.

O anúncio dirigia-se justamente às secretárias e dizia, simplesmente:

"Quando precisar de flores para a esposa do chefe, lembre-se do Florista Schling".

Faculdade de publicidade e propaganda é para os fracos.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Sempre cabe mais um?

Anotem em suas agendas mais uma data para o fim do mundo (já que 2012 deve falhar mesmo). O último dia será 13 de novembro de 2026. Pelo menos essa é a previsão que foi feita pelo austríaco Heinz von Förster, um dos pioneiros da ciência cibernética.

A previsão foi publicada numa edição de 1960 da conceituada revista Science. Segundo os cálculos, naquela data a população humana alcançaria o infinito.

Ele podia estar brincando, mas...

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Saída pela Direita

Num cemitério tranquilo perto da cidadezinha de Attica [no Kansas], jaz o corpo de Nathanael Grigsby e um observador curioso poderá ler as seguintes palavras em sua lápide:

"N. Grigsby, 2º. Ten.-Cel. do 10º. [batalhão de] voluntários de Indiana. Morto em 16 de abril de 1890, aos 78 anos, 6 meses e 5 dias.

"Através desta inscrição, eu desejo expor meu protesto mortal contra o chamado Partido Democrata. Eu o acompanhei de perto desde os dias de Jackson e sei que todos os infortúnios de nossa nação vieram através desse tão-chamado partido da traição."
 Abaixo dessa inscrição foi adicionado um pós-escrito que diz: "Esta inscrição foi gravada aqui por desejo do falecido."
 – Thomas Allen McNeal, When Kansas Was Young [Quando o Kansas era Jovem], 1922

Isso é que é ser conservador até a morte (ou mesmo após a morte)!

Quem Chega Lá?

Se você não curte o verão que se aproxima cada vez mais ou tem medo do aquecimento global, pode tentar alcançar o ponto mais inacessível da Antártica — e que não é exatamente o Polo Sul. Situado em 82º06'S 54º58'E, é o ponto distante do mar no continente austral e o lugar mais gelado da Terra.

Como saber se você chegou lá, se tudo não passa de neve, vento, e mais neve? Bem, a primeira coisa que você vai encontrar por lá é um velho busto de Lenin olhando solenemente na direção de Moscou através da imensidão branca.

Faça um buraco de uns seis metros de profundidade e você vai encontrar abrigo — uma velha cabana de pesquisas levantada pelos soviéticos e soterrada (ou seria sonevada?) pela neve.

Dentro da cabana há um livro de visitas dourado para que aqueles que conseguem chegar lá possam registrar o fato. Não se esqueça de assiná-lo. Se puder, mande uns cartões postais também.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Pauta Quente

Os papéis que contêm os originais dos artigos de Marie Curie, descobridora do Rádio (Ra), do Polônio  (Po) e da radioatividade, ainda são tão radioativos que são guardados em caixas de chumbo.



Os pesquisadores que quiserem consultá-los podem fazê-lo — por sua conta e risco.

Próximas Atrações

O século 21 será bastante agitado e de grande importância histórica se os autores de ficcção científica se mostrarem corretos. Eis algumas previsões:

2015 - Marty McFly e Doc Brown chegam de uma viagem no tempo após terem partido de 1985. (De Volta para o Futuro II).

2022 - Nova York torna-se hiperpovoada, com 40 milhões de habitantes (Soylent Green)

2035 - A Humanidade vive em grandes cidades subterrâneas (Shape of Things to Come, de H. G. Wells)

domingo, 29 de novembro de 2009

É Agora ou Nunca

No início de dezembro, líderes de todo o mundo se encontram em Copenhague para buscar ações conjuntas e evitar o pior das mudanças climáticas. Mas o choque de interesses pode ser fatal para o encontro.

sábado, 28 de novembro de 2009

Lula & Dilma em: "Crepúsculo"

Depois de lançar sua cineautobiografia barata — só R$ 12 milhões —, às vésperas de um ano eleitoral, a Lulla Productions já tem seu lançamento para 2010: O Crepúsculo do Lula. Como não podia deixar de ser, é mais uma obra eleitoreira.

Dilma, que não é nada Bella, é uma candidata insegura e sem-graça, que vive com medo da oposição. Ainda assim é a escolhida pelo "cara". Com participações especiais de Lulla, Serra, Aécio e a notável ausência de Marina Silva, O Crepúsculo do Lula é "melhor que o filme do Pelé", segundo o renomado crítico  Rubens Ewald Filho, José Wilker, Chaves. Segue o trailer:



Mais uma peça de humor crocante do Galo Frito!

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Em uma palavra [6]

CRUCIVERBALÓFILO
adj. alguém que gosta de jogar palavras-cruzadas. Antônimo: Cruciverbalófobo.

Com 16 letras, não aparece nem nas palavras-cruzadas mais difíceis. Pelo menos eu nunca vi.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Dodge La Femme




A Dodge introduziu em 1955 um sedutor pacote de opcionais para o Custom Royal Lancer: por 143 dólares a mais, era possível ter um modelo feminizado, com pintura rosa e bege e um interior pink decorado com botões de rosa.

"O primeiro carro desenhado exclusivamente para a mulher motorista" vinha também com uma capa e um chapéu de chuva que combinavam com uma sombrinha além de uma bolsinha pink com um pó compacto, um batom e um isqueiro. A brochura promocional adulava as possíveis consumidoras: "Para a satisfação de Sua Majestade... a Mulher Americana."

Mas o carro não era assim tão sedutor. Pouco menos de 1500 La Femmes foram vendidos e o modelo desapareceu em 1957.
 
Talvez o carro tenha sido feminino demais para as mulheres do pós-guerra, que já não eram mais "amélias" que pilotavam apenas fogões.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Fora do Tom

Trechos de resenhas da obra de Beethoven feitas pela revista oitocentista inglesa Harmonicon:

Junho de 1823:
"As opiniões obre a sinfonia Pastoral de Beethoven estão muito divididas, mas poucos negam que ela é longa demais"
Abril de 1825:
"Nós sabemos agora que [a duração da Nona Sinfonia] é de precisamente uma hora e cinco minutos, um período assustador, que põe os músculos e pulmões dos músicos e a paciência do público sob severa prova."
Julho de 1825:
"[A Sétima Sinfonia] é uma composição na qual o autor dá-se ao luxo de uma considerável excentricidade desagradável. Sempre que nós ouvimos sua execução, não podemos descobrir qualquer propósito nela, nem se pode traçar qualquer conexão entre suas partes. Parece, enfim, ter sido feita como um tipo de enigma — nós diríamos que é quase uma farsa."
Junho de 1827:
"[A Oitava Sinfonia] depende completamente do seu último movimento para conseguir arrancar aplausos; o resto é excêntrico sem ser divertido e trabalhoso sem ter efeitos."
É, parece que Beethoven foi mais um gênio incompreendido.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Da impossibilidade de Deus

Um atributo essencial de Deus é a sua onipresença. S. Tomás Aquino sustentava também que ele estava, de alguma forma, fora do tempo e não poderia sofrer efeitos temporais. Mas, como aponta o escritor francês Richard La Croix,
se Deus é mesmo onipresente, então ele poderia ter estado na sede das Nações Unidas tanto ontem quanto anteontem. E se Deus esteve nas Nações Unidas tanto ontem quanto anteontem, ele esteve no tempo e, portanto, possui um predicado temporal. Então, parece que Deus não pode ser um ente extemporal se ele for onipresente e, assim, as duas doutrinas cruciais da teologia de Tomás de Aquino são logicamente incompatíveis.
E como se poderia provar a onipresença divina, mesmo se fosse possível, se ele simplesmente não é visível (ou não pode ser visto por alguém vivo)? Por que o Todo-Poderoso se esconde?

Outro atributo exclusivamente divino, a onisciência, cria ainda mais problemas:

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

"O Enigma da Bolsa Roubada": Solução

Solução para o Enigma da Bolsa Roubada:

Theo é inocente por que ele se declara assim duas vezes. Então, a afirmação (9) é mentira. Como (9) é falsa, (8) é verdadeira e (15) tem que ser falsa. Sendo (15) falsa, (14) é uma declaração verdadeira.

Portanto, senhoras e senhores, Júlia é a culpada.

Caso encerrado!

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

O Enigma da Bolsa Roubada

Uma professora de educação infantil teve sua bolsa roubada em plena sala de aula. Dentre os alunos, os suspeitos eram cinco: a Lilian, a Júlia, o David, o Theo e a Margaret. Quando foram interrogadas pelo Diretor, cada criança fez três afirmações:

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Conflitos Esquecidos [2] — Guerra de Neve


Em 1989, Ralph Maerz patenteou este “fazedor de bola-de-neve” para “fazer bolas com um formato aerodinamicamente redondo.”. A invenção parece inútil e seu criador, um idiota.

Mas os jovens da capital escocesa, Edimburgo, não pensariam assim em 1838:
No dia 10 de Janeiro, uma luta com bolas-de-neve tomou lugar em frente à Faculdade, com a participação de estudantes locais. A briga entre os estudantes e os cidadãos foi retomada no dia 11 e tornou-se bastante séria. Diversas vitrines foram estilhaçadas, as lojas fechadas e o trânsito das ruas interrompido. Os estudantes, que acreditavam que a guarda montada havia tomado o lado da multidão contra eles, apareceram armados com paus no dia 12 para se defender dos bastões dos polícias. Então, uma desordem tomou o lugar, com paus e bastões sendo usados livremente. A situação se tornou tão séria que os magistrados decidiram enviar um mensageiro ao Castelo, com pedidos de reforços para soldados do 79º. Regimento Highlander, os quais chegaram ao quarteirão da Faculdade e a paz foi restaurada.
Esta deve ter sido a única ocorrência de intervenção militar de verdade numa guerra de neve. Cinco estudantes foram interrogados e liberados em seguida.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Elementar, Meu Caro Watson!

Em 1977, uma menininha gravemente doente de 19 meses saiu do Catar e foi transferida com urgência para um hospiatal de Londres. Mesmo assim, sua grave condição continuava a piorar e os doutores estavam intrigados.

No sexto dia da internação, a enfermeira de plantão notou que a menina começou a perder seu cabelo. Ela também percebeu como os sintomas da paciente eram incrivelmente semelhantes aos descritos por Agatha Christie no livro The Pale Horse [O Cavalo Amarelo], que a enfermeira estava lendo nas horas vagas.

No romance de Christie, o assassino mata suas vítimas envenenando-as com tálio. Testes foram feitos por sugestão da enfermeira e altos índices de tálio foram encontrados na urina da garotinha. Ela foi tratada adequadamente e, três semanas depois, já curada, pôde voltar para sua casa.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Hurakan, o deus dos furacões

No período arcaico, Hurakan era o deus Maia dos ventos e das tempestades. Ele é o porta-voz da ira dos deuses ao trazer as enchentes. Também era considerado um deus criador numa lenda muito antiga que se perdeu na poeira dos tempos. Ele flutuava sobre a enchente primordial repetindo incessantemente a palavra "Terra" até que o mundo sólido emergiu dos mares. Quando os deuses perderam a paciência com os seres humanos, Hurakan mandou um grande dilúvio para destruir os homens. Seu nome deu origem às palavras Huracan em espanhol e Hurricane em inglês e também é, indiretamente, a raiz da nossa palavra Furacão.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

R$ 1 não vale nada

O que todo brasileiro que recebe um salário mínimo já sabia tem uma verdadeira comprovação matemática. Partindo do princípio de que 1 real (R$) é igual a 100 centavos (¢), temos que:

R$1 = 100¢ = (10¢)2 = (R$ 0,10)2 = R$0,01 = 1¢
Ou seja, R$ 1 é igual a 1 centavo. Isso explica por que o salário nunca chega até o fim do mês. Não é má administração, é falta de recursos numéricos mesmo.

domingo, 15 de novembro de 2009

1907: O Crime não existirá em 2007

Como se sabe, uma das melhores coisas de viver no futuro é não ter que se preocupar com nenhum tipo de crime.

Na edição de 17 de março de 1907, o Washington Post republicou um artigo do Chicago Tribune entitulado "How Our Progeny Will Live One Hundred Years From Now" [Como nossa progênie viverá daqui a cem anos]. Um trecho, onde se imagina um mundo onde o crime é extremamente raro, é apresentado a seguir.

sábado, 14 de novembro de 2009

Literatura Imaginária

Em 1851, Charles Dickens notou que estava sobrando prateleira em sua biblioteca. Para resolver o problema, ele encomendou capas de livros para preencher os espaços vazios. Os títulos, inventados, são uma amostra de fina ironia:
  • Five Minutes in China [Cinco Minutos na China], 3 volumes;
  • Forty Winks at the Pyramids [Quarenta olhares sobre as Pirâmides], 2 volumes;
  • History of Middling Ages [História da Idade Mediana], 6 volumes;
  • Jonah’s Account of the Whale [Relato de Jonas sobre a baleia];
  • Captain Parry’s Virtues of Cold Tar [Virtudes do Alcatrão Frio, pelo Capitão Perry];
  • Kant’s Ancient Humbugs [Os velhos equívocos de Kant], 10 volumes;
  • The Quarrelly Review [A Revista das Querelas];
  • The Art of Cutting the Teeth [A Arte de Extrair Dentes];
  • Drowsy’s Recollections of Nothing [Coleções de Nada, por Drowsy], 3 volumes;
  • Heavysides Conversations With Nobody [Diálogos Profundos com Ninguém], 3 volumes;
  • Growler’s Gruffiology, With Appendix [Roucologia de Growler, com Apêndice], 4 volumes;
  • Miss Biffin on Deportment [Sra. Pancada fala sobre Deportação];
  • Lady Godiva on the Horse [Lady Godiva sobre o Cavalo];
  • Munchausen’s Modern Miracles [Milagres Modernos do Barão de Munchausen];
  • On the Use of Mercury by the Ancient Poets [Do Uso de Mercúrio pelos Poetas Antigos].
E ele ainda pediu "tantos volumes quanto possível" do Guide to Refreshing Sleep [Guia para a Soneca Refrescante]. Depois dizem que os escritores clássicos não têm senso de humor. Hunf!

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Em uma palavra [5]

PARASCAVEDECATRIAFOBIA
subst. fem. medo da sexta-feira 13.
Aliás, hoje é sexta-feira 13! Mwahahahahah! Espero que vocês não sejam parascavedecatriafóbicos.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Soma de Corvos

O plural da palavra russa para corvo no caso genitivo é sorok. A mesma palavra também significa quarenta. Assim, pode haver uma construção matematicamente ambígua: “100 sorok + 100 sorok = 200 sorok ou “100 + 40 + 100 + 40 = 280”.
V.M. Bradis, Lapses in Mathematical Reasoning (Lapsos na Razão Matemática), 1938.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Meteoro-loser-gista

O meteorologista Robert H. Stanley, de Greenfield, New Hampshire, deve ter deixado os deuses da chuva irados. Ele foi para a cama durante um terrível aguaceiro na noite de 2 de agosto de 1966 e na manhã seguinte decobriu que apenas a sua casa fora atingida:
"Após encontrar 146 milímetros de chuva no pluviômetro, ele verificou esse dado com um vizinho situado a meio quilômetro de distância, no sentido leste. Ele soube que o vizinho tinha apenas 12,5 milímetros em seu pluviômetro. Ele, então, examinou a área externa para encontrar os efeitos visíveis. O rastro da exurrada na estrada estendia-se apenas por uns 30 metros. Ao sul da casa, por trás do pluviômetro, bem distante das árvores ou das estruturas, estende-se um campo de 4 hectares. A grama dele foi aplainada. À tarde, ela começou a revigorar e, no meio-dia seguinte, já estava ereta novamente. A oeste da casa, um riacho que corria vigorosamente ao amanhecer já estava vazio às 8 da manhã. Ao desenhar as linhas de direção dos traços de erosão, descobriu-se uma área oval com mais ou menos 1,6 quilômetro no sentido Norte-Sul e 1,1 km no sentido Leste-Oeste. Dentro dessa área, a intensidade da chuva variou de 10mm em suas bordas até cerca de 150mm no seu centro. Fora dessa área, a chuva foi tão fina que acumulou menos de 0,5mm."
- Monthly Weather Review [Revista Mensal de Clima], 93:164-68, 1970

Obs: todas as medidas foram convertidas para o sistema métrico decimal com aproximações.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Efeito Bumerangue

Em março de 1942, o navio inglês HMS Trinidad lançou um torpedo contra um destróier alemão. Até aí, nada demais, estava-se em plena II Guerra Mundial. Mas...


Mas o torpedo tinha um defeito no giroscópio, nadou em um círculo e voltou para o Trinidad. Trinta e dois homens morreram.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Gente Fina é outra coisa

Anúncio da Página de Classificados do Figaro, de Paris, 1892:
Procura-se — Um professor para comparecer à casa de uma nobre família duas vezes por semana para corrigir a pronúncia do papagaio.

domingo, 8 de novembro de 2009

O Toque de um Ateu

Paródia da série “O Toque de um Anjo”. A desconversão de um crente no leito de morte feita pelo grande humorista (e ateu) George Carlin. O quadro foi veiculado pela MAD TV, a versão televisiva da divertidíssima — e ácida — revista MAD.



Para quem não sabe, Carlin foi o primeiro comediante norte-americano a falar palavrões na TV, no começo dos anos 70. Mesmo após os liberais anos 60, boa parte do pudico público americano ficou chocada. Carlin foi julgado — e, dado os motivos do julgamento, ele também teve que falar palavrões num tribunal — e acabou preso, por alguns meses, por causa dessa polêmica hipócrita. Graças a ele, porém, é que surgiram seriados e humorísticos "da pesada" como South Park.

Infelizmente, Carlin morreu no ano passado, vítima de câncer.

sábado, 7 de novembro de 2009

O Canivete Suíço de Ockham

A “Navalha de Ockham” (ou Occam) [Ockham’s Razor, ou Occam’s Razor em inglês] é um princípio lógico criado pelo monge franciscano e filósofo inglês William de Ockham, que viveu no século XIV. Ockham era a cidade do condado de Surrey onde o monge nasceu. O princípio afirma que “Entidades não devem ser multiplicadas sem necessidade”. Ou, nos originais em latim deixados por Ockham:
"Pluralitas non est ponenda sine neccesitate"
"Frustra fit per plura quod potest fieri per pauciora"

William usava seu princípio para justificar muitas conclusões, inclusive aquela em que afirma que “A existência de Deus não pode ser deduzida pela razão pura”. Obviamente, seus pensamentos o tornaram muito impopular diante dos outros religiosos de seu tempo, a começar pelo próprio Papa.

OUTRAS LÂMINAS

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Infalível




Boileau, ao ser perguntado por Luís XIV, sobre sua opinião de alguns versos que o Rei acabara de compor, respondeu: "Nada parece impossível a Sua Majestade. Tu tentaste fazer versos ruins. E conseguiste."

The Poetry and Varieties of Berrow’s Worcester Journal for 1828 [Poesias e Variedades do Jornal Worcester de Berrow, de 1828]

Poderíamos dizer que o Papa B-16 também demonstrou sua infalibilidade em sua única (e última) visita à África, quando declarou que as camisinhas não resolvem o problema da AIDS, mas agravam-no. Parafraseando Boileau, "Nada parece ser impossíevel a Sua Santidade. Sua Santidade tentou ser estúpido. E conseguiu."

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Quando a Vida imita a Arte

O jornalista e escritor  inglês W.T. Stead escreveu tanto a ponto de prever seu próprio destino, embora talvez não tenha vivido para se dar conta disso.
Em 1886, ele publicou um artigo sobre o naufrágio de um navio e a consequente perda de vidas humanas. No meio do artigo, um alerta: "Isso é exatamente o que poderia acontecer e vai acontecer se os navios forem lançados ao mar com botes de menos."
Seis anos depois ele escreveu um livro chamado From the Old World to the New [Do Velho ao Novo Mundo], no qual um grande navio colide com um iceberg no Atlântico Norte e afunda; os sobreviventes são resgatados pelo Majestic, um navio da companhia White Star Line.
Anos mais tarde, já como importante e reconhecido editor de jornal, Stead embarcou para o Novo Mundo após aceitar um convite do então presidente norte-americano, Howard Taft, para proferir uma palestra numa conferência de paz no Carnegie Hall. O evento estava marcado para Abril de 1912.
Mas Taft ficou a ver navios na conferência, pois Stead jamais chegou — o jornalista tinha comprado uma passagem da White Star Line. E embarcou no RMS Titanic.

Erro 691

Apesar do feriadão, eu sumi misteriosamente. Bem, nem tanto. Eu não fui abduzido por incas venusianos nem fulminado por deuses irados. Como já podem notar pelo título, a culpa não foi minha, mas dessa coisa vaga e sempre (in)definida como "sistema".

Minha internet (by Speedy/Telefonica) simplesmente me deixou na mão, dando-me como justificativa um irritante e incontornável erro 691 — o não reconhecimento da combinação usuário-senha (que estava correto) ou um protocolo irreconhecível enviado pelo provedor. Uma definição tão vaga quanto a solução que me seria dada. Após três longas chamadas para o serviço de atendimento ao cliente, o famigerado SAC, que me encheu o saco por horas e horas e parece não ter se adaptado às novas exigências legais sobre o atendimento ao consumidor. Foram três chamadas por que duas caíram logo após eu conseguir os tais "números de protocolo" que não me ajudaram em nada e sequer foram registrados pelos "sistemas" da Telefonica. Na terceira chamada, após uma eternidade de 40 minutos, disseram-me que o problema estava no modem (fornecido por quem mesmo? ah, pela Telefonica!) e que um técnico seria enviado em até 72 horas (esse prazo ainda não se esgotou, mas o problema e a enrolação do provedor se arrastam desde a manhã de sexta).

Na hora de cobrar, porém, a Telefonica apresenta uma eficiência e uma fome incríveis: R$ 99,90 (sem qualquer opção de mudança de data de vencimento!) e o que eu recebo em troca é um atendimento miserável e antiprofissional - para não dizer ilegal. Isso sem falar que o Speedy é o único serviço de banda — ou seria bunda — larga do país que já passou por um apagão!

Evidentemente, já tentei contratar um serviço mais barato, mas por incrível que pareça, a maior companhia telefonica do Estado de São Paulo — a única, num monopólio vergonhoso — não parece ser capaz de manter a qualidade de suas próprias linhas telefônicas, por que a ligação para o SAC sempre cai.

A Telefonica, enfim, só está "em ação" na mente imaginativa e nas imagens ilusórias criadas pelos grandes marqueteiros desse país. Afinal, é muito mais fácil investir em publicidade barata do que em grandes mudanças de infra-estrutura e aprimoramento humano.

[Update (05/11): o problema foi resolvido após a visita de um técnico. Mas o prazo previsto, de 72 horas, não foi respeitado]

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Nelsinho continua a correr



O Piquet-pai já se adiantou a dizer que o seu filho não é nenhum Dick Vigarista e que foi tudo culpa do Mutley, quer dizer, do Flávio Briatore. O Piquet-pai também disse que jamais agiria daquela forma, mas ele tem sim, sua parcela de culpa por ter criado o Piquetzinho sempre protegido debaixo de suas asas.  Ele sempre montou equipes próprias nas categorias de base. Assim, ele sempre soube obedecer seu patrão, que sempre foi seu papai. Mas como não dava pra fazer isso na F-1, deu no que deu. O moleque não teve coragem de enfrentar o chefe-de-equipe nem seu companheiro bicampeão, o Alonso, outro carinha mimado.  Mas teve a coragem — ou, melhor, a covardia — de fazer aquela vigarice sem tamanho.

Nelsinho, esquece teu pai e vai tentar ser modelo-e-manequim! Se joga, moleque!

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Ó O TELEFONE!



Um homem de cerca de 43 anos chamado Joshua Coppersmith foi preso por tentar extorquir fundos de pessoas ignorantes e supersticiosas ao exibir um aparelho que, diz ele, conduzirá a voz humana a qualquer distância através de fios metálicos. Ele chama o instrumento de "telefone", o que é, obviamente, uma clara tentativa de imitar a palavra "telégrafo" e ganhar a confiança daqueles que conhecem o sucesso do último instrumento. Pessoas bem-informadas sabem que é impossível transmitir a voz humana através de cabos, como se faz com os pontos e traços dos sinais do Código Morse. As autoridades que apreenderam este criminoso devem ser congratuladas e espera-se que a punição seja pronta e justa, e que sirva como um exemplo aos outros trapaceiros que se enriquecem às custas de seus semelhantes.
— De um jornal de Boston de 1865, citado pelo assistente de Thomas Edison, Francis Jehl, em suas Menlo Park Reminiscences [Recordações de Menlo Park], 1937.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Ninguém é onisciente

"Ninguém sabe que esta sentença é verdadeira."

Se você pôde ler a sentença acima, ela não pode ser falsa, porque isso a tornaria contraditória. Mas se ela é verdadeira, a onisciência é impossível. Portanto, não pode existir um Ser absoluto que tudo saiba.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Preso por um fio

A primeira detenção por telégrafo ocorreu já em 1845. John Tawell envenenou sua amante na casa dela em Salt Hill e fugiu tomando um trem para Londres. Mas a polícia passou a seguinte — e memorável — mensagem para a Estação de Paddingnton:

UM ASSASSINATO ACABA DE SER COMETIDO EM SALT HILL pt O SUSPEITO FOI VISTO EMBARCAR COM BILHETE PRIMEIRA CLASSE P/ LONDRES NO TREM SAÍDO DE SLOUGH AS 7.42 PM pt ELE ESTÁ DISFARÇADO DE KWAKER [*] COM UM GRANDE CASACO MARROM ATÉ OS PÉS pt ELE ESTÁ NO ÚLTIMO COMPARTIMENTO SEGUNDO VAGÃO PRIMEIRA CLASSE pt

Em Londres, Tawell, o taverneiro assassino, foi abordado por um detetive da polícia que perguntou-lhe: "Você acabou de chegar de Slough?". Sem saber como o homem “advinhara” a sua origem, Tawell deu uma resposta positiva. Ele foi preso, julgado, condenado e enforcado.
___________________________
NOTA:
*Na pressa da “digitação” da mensagem, o telegrafista escreveu KWAKER, com K mesmo, em lugar de QUAKER.

domingo, 25 de outubro de 2009

Igreja Ateísta na Manhã de Domingo

Sketch hilário de um programa infantil (!!) norte-americano mostra claramente como é absurdo considerar o ateísmo como uma religião (sem deus, é claro). Vejam como seria o “culto” de uma Igreja Ateísta na Manhã de Domingo:

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

As Armas de Napier

Quando não estava inventando logaritmos, John Napier demonstrava um claro interesse por assuntos militares. Em 1596, ele compôs uma lista de máquinas de guerra que "pela graça de Deus e o trabalho de expertos artesãos" ele esperava produzir "para a defesa desta ínsula [i.e., as Ilhas Britânicas]". Entre elas, havia uma peça de artilharia que poderia "limpar um campo de quatro milhas de circunferência de todas as criaturas que tenham mais de um pé [30 cm] de altura", uma carruagem com "uma boca móvel de batalha" que poderia "espalhar destruição por todos os lados" e "meios de navegação sob a água, com mergulhadores e outros estratagemas para ferir os inimigos".

Não se sabe se Napier construiu suas máquinas, mas na época da I Guerra Mundial elas já eram realidades certas — pode-se dizer que ele previu a metralhadora, o tanque e o submarino.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Não são pedras!


são aerolitos!

O Paradoxo de Carroll

Do mesmo autor de “Alice no País das Maravilhas”:
Aline, Bia e Carolina são donas de uma loja. Pelo menos uma delas deve estar presente para cuidar da loja e quando Aline sai, sempre leva a Bia junto.
Isso significa que, se a Carolina sair, essas afirmações seriam simultaneamente verdadeiras:

  1. Se a Aline saiu, então a Bia ficou na loja (por que alguém precisa ficar na loja)
  2. Se a Aline saiu, então a Bia também saiu (por que a Aline sempre a leva junto)
Isso é uma contradição; as duas frases não podem ser ambas verdadeiras. Portanto, logicamente, Carolina sempre estará trabalhando na loja.

— Lewis Carroll

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Conflitos Esquecidos — “Batalha” Naval de Texel

Louis Joseph Lahure tem uma distinção sem igual na história militar — ele derrotou uma frota naval montado num cavalo!

Durante a ocupação da Holanda em Janeiro de 1795, o comandante do Exército Continental Francês soube que navios da poderosa marinha holandesa ficaram presos no gelo ao redor da Ilha de Texel. Então Lahure, acompanhado de seus 128 homens, simplesmente marchou sobre o gelo, cercou os navios e exigiu a rendição dos batavos.

Nenhum tiro foi disparado. A marinha holandesa, incapaz de se mover, não teve outra saída a não ser se render.

sábado, 17 de outubro de 2009

Um Preço Alto Demais a Pagar

Lembranças de um tempo em que a Natureza ainda dominava o homem:

Em 1774, um navio perdido foi descoberto na região ártica coberto de gelo e neve. O descobridor foi o capitão de um navio baleeiro da Groenlândia chamado Warrens. Ele, ao subir a bordo do navio encontrado achou, em uma das cabines, o corpo de um homem perfeitamente preservado pelo frio glacial, com exceção de uma mancha de mofo esverdeado que apareceu em volta dos olhos e na testa. O cadáver estava sentado numa cadeira e ligeiramente afastado da mesa. Na mão direita, ainda havia uma caneta e em diante dela estava o diário de bordo. O morto estava escrevendo no momento em que faleceu. A última sentença completa do diário inacabado era a seguinte:

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

“Vai esperar quanto?” – O Paradoxo do Inferno

Suponha que você morre e vai pro inferno — não importam os motivos, é apenas uma suposição —, o diabo lhe propõe um jogo de chances. Se você jogar no primeiro dia, terá 50% de ganhar (0,5); no segundo dia, 2/3 (0,6666…) de chance, e assim por diante. Quanto mais você espera, maiores são suas chances. Se você ganhar, vai pro céu; se perder, fica no inferno.

Quando você deveria jogar?

Infelizmente, você teria que esperar por toda a eternidade. Após um ano de espera, sua chance de ganhar seria de 0,997268. Após mais um dia de tormentos — presumivelmente finito —, suas chances de ganhar a salvação aumentariam de 0,000007.

Talvez a mera esperança de ir para o paraíso valha alguma coisa.

Mas ainda seria válido ter uma esperança que nunca se realizaria?

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Os Pobres Quintilionários

Se você tem dificuldade para conseguir troco (ou para dar o troco), lembre-se da Hungria do pós-guerra e agradeça por não ter vivido no país dos magiares logo após a II Guerra Mundial. A moeda nacional, chamada Pengo, se desvalorizava tão velozmente que os preços dobravam a cada 15 horas.

varre-pengo

Você já viu um gari varrendo dinheiro da rua?

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Estava escrito

Se tomarmos as palavras “Revolution Française” e a palavra “Veto”, sendo esta última uma prerrogativa de Luís XIV, as letras que sobrarem no alfabeto vão formar a frase “Un Corse la finira” — Um Córsego a terminará. E isto deve ser notado apenas como uma extraordinária coincidência e nada mais.

– William T. Dobson, Poetical Ingenuities and Eccentricities [Excentricidades e Ingenuidades Poéticas], 1882

domingo, 11 de outubro de 2009

Pérolas Fundamentalistas II – A Ressurreição

Já faz um bom tempo que publiquei aqui uma coletânea com as pérolas que circulam pelos fóruns religiosos dos Estados Unidos. Na época, o fervoroso Bush-Filho ainda era presidente. Hoje, quase dois anos depois, o demônio, socialista moderado Barack Obama ainda tem que lidar com gente desse nível:

Em uma palavra

MATERTERAL
adj. Como uma tia. Ex: “Ela tinha um amor materteral por seus alunos quando elas a chamavam de ‘tia’.”

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

A Longa Jornada Começa com um Passo

Karl Bushby está voltando a pé para sua casa, em Hull, na Inglaterra. Mas como o ex-paraquedista britânico de 40 anos de idade gosta de desafios, ele começou do ponto mais remoto possível: Punta Arenas, no extremo sul do Chile, de onde ele partiu em 1º. de novembro de 1998.




O inglês já caminhou pelos desertos do Chile e do oeste dos Estados Unidos, subiu pelas montanhas do Peru, do México e do Canadá, enfrentou o calor úmido das florestas tropicais no Equador, na Colômbia e na América Central e deu passos sobre a neve do Alasca e da Sibéria.

A jornada, de mais de 57.000 km — mais extensa que a circunferência da Terra no equador — só vai acabar quando Bushby voltar a por os pés em Hull. Já são 11 anos de viagem, que deve terminar apenas em 2012. Ele passou ileso pelo Estreito de Bering, mas a burocracia para obter um visto russo o atrasou consideravelmente. Assim, ele decidiu tomar um atalho que vai passar pelo árido e pobre Cazaquistão, o que terá suas próprias aventuras.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Negócio das Arábias

No conto O Gênio da Lâmpada, de Robert Louis Stevenson, o gênio sempre garante ao seu amo (quase) qualquer desejo. Se o amo morrer com a lâmpada, ele vai arder no mármore do inferno. Assim, o amo deve vender a lâmpada, mas sempre por um preço menor do que ele pagou. O comprador deve ser informado dessas condições e aceitá-las para que realize seus desejos.

Só que ninguém compraria a lâmpada por 1 centavo, já que seria impossível revendê-la. De qualquer modo, o gênio não pode alterar as condições; ele é incapaz de te fazer imortal ou de tornar possíveis preços menores que 1 centavo. Mas se 1 centavo é um preço baixo demais, então 2 centavos também são e pela mesma razão. E assim por diante, aparentemente ad infinitum. Parece ser irracional comprar a lâmpada independente do preço oferecido.

Intuitivamente, porém, a maioria das pessoas consideraria razoável pagar R$ 1.000,00 para esfregar a lâmpada, acordar o gênio e fazer pedidos.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

O Pássaro de Colditz

Os guardas dos campos de prisioneiros de guerra nazistas já estavam acostumados a procurar por túneis - então eles jamais pensaram em dar uma olhada no sótão do Castelo de Colditz, onde, incrivelmente, prisioneiros britânicos contruíram um aviãozinho de 6 metros com sucata.


Os prisioneiros de guerra planejavam lançá-lo do teto, usando um sistema de catapulta movido pela queda de uma banheira cheia de blocos de concreto. Eles pretendiam lançar dois homens em direção ao Rio Mulde, a 60 metros dali.

O Exército Americano libertou o campo antes da tentativa de fuga aérea e o avião de sucata foi perdido. Mas, mesmo depois de 55 anos, os prisioneiros sobreviventes ainda se perguntavam se o avião voaria. Em 1999, uma empresa de aviação britânica fez uma réplica em escala real do aviãozinho e os prisioneiros sobreviventes foram novamente reunidos. Eles viram o Pássaro de Coldtitz voar, depois de uma espera de mais de 50 anos.

Em uma palavra [4]

Belíbona
subst. uma mulher boa e bela. Exemplo: “Ele se apaixonou por aquela belíbona”.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Em uma palavra [3]

PRIDIANO
adj. relativo ao dia de ontem; sinônimo: vesperal. Exemplo: “Estava lendo o jornal pridiano”.

domingo, 4 de outubro de 2009

Pequenas Igrejas, Grandes Nomes

Se propaganda é a alma do negócio, por que não usar uma boa dose de marketing para atrair fiéis ingênuos, pobres e semi-analfabetos pra sua Igreja recém-aberta? Vamos passar a sacolinha de nomes:

A

ASSEMBLÉIA DE DEUS COM DOUTRINAS E SEM COSTUMES [Para os pobres de direita]
ASSEMBLÉIA DE DEUS DA REFORMA UNIVERSAL [Para quem procura um puxadinho]
ASSEMBLÉIA DE DEUS DO PAI, FILHO E ESP. SANTO [Amém]
ASSEMBLEIA MINISTÉRIO DE OSTENTAÇÃO AO REBANHO [Nem devem saber o que é ostentação]
ASSOCIAÇÃO EVANGÉLICA FIEL ATÉ DEBAIXO D'ÁGUA [Para surfistas pobres e corinthianos]

C

COMUNIDADE DO CORAÇÃO RECICLADO [Uma proposta ecológica!]
COMUNIDADE PORTA DAS OVELHAS [Ovelhas só passam a porta para entrar no curral]
CONGREGAÇÃO ANTI-BLASFÊMIAS [Vá pra puta que te pariu!]
CRUZADA EVANGÉLICA DO MINISTÉRIO DE JEOVÁ, DEUS DO FOGO [Mais que uma Cruzada: uma salada mista evangélica]
CRUZADA EVANGÉLICA DO PASTOR WALDEVINO [A Cruzada de um homem só]

I

IGREJA 'A' DE AMOR [B de Baixinho, C de Coração, D de Docinho, E de Escola…]
IGREJA A ESCOLHIDA [Spin-off de A Favorita]
IGREJA A SERPENTE DE MOISÉS, A QUE ENGOLIU AS OUTRAS [Moisés tinha outras serpentes?]
IGREJA A VIDA É SUA [e eu faço dela o que eu quiser!]
IGREJA A VOZ DA PEDRA ANGULAR [Não são pedras, são aerolitos!]
IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS ADVENTISTA ROMARIA DO POVO DE DEUS [Salada mista 2]
IGREJA A VOZ DIRETA DO ÉDEN [Faz um 21!]
IGREJA ABASTECEDORA DE ÁGUA ABENÇOADA [O pastor trabalha no departamento de água e esgoto]
IGREJA ABRE-TE SÉSAMO [Para Ali Babá e os 40 ladrões]
IGREJA ACEITA JESUS {Só se ele deixar scrap]
IGREJA ADVENTISTA DA SÉTIMA REFORMA DIVINA [Quais são as outras seis?]
IGREJA APOSTÓLICA CRISTÃ TERRA FIRME [Leia-se: Terra chata e imóvel no centro do Universo]
IGREJA ARCA DA FÉ [Dissidente da seguinte]
IGREJA ARQUEIROS DE CRISTO [Dissidente da anterior]
IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS BOTAS DE FOGO ARDENTES E CHAMUSCANTES [Chama os bombeiros que eles apagam o inferno]
IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS CAPRICHOSOS NA OBRA DE DEUS [Para os pedreiros]
IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS DA BEIRA DA ESTRADA DE TRIBOBÓ [Igreja de beira-de-estrada… hauahuahuahau]
IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS DO PAPAGAIO SANTO QUE ORA A BÍBLIA [Eles adoram papagaios! Evil papagali!]
IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS DOS REMANESCENTES [Para os que sobrarem]
IGREJA ATUAL DOS ÚLTIMOS DIAS [Uma versão atualizada da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias]
IGREJA AUTOMOTIVA DO FOGO SAGRADO [Sede: uma kombi incendiada]
IGREJA AUTOMOTIVA MÓVEL DO FOGO SAGRADO [Filial da anterior; Templo: uma kombi chamuscada]
IGREJA AVE CÉSAR [Dai ao pastor César o que é de César]
IGREJA BAMBOLÊS SAGRADOS [Ui!]
IGREJA BATE PALMAS 40 DIAS [É pra ver se Deus ouve]
IGREJA BATISTA A PAZ DO SENHOR E ANTI-GLOBO [Patrocínio: TV Record; Apoio: Igreja Universal]
IGREJA BATISTA BLESSING BRASIL [In Ingrish]
IGREJA BATISTA BRASILEIRA DOS POVOS AGARRADOS À BÍBLIA [Mas que não sabem lê-la]
IGREJA BATISTA CAMINHO DAS ÁRVORES [Livremente inspirado em Caminho das Índias]
IGREJA BATISTA CÓPIA DA PERFEIÇÃO [Para adoradores do ctrl+C]
IGREJA BATISTA DA JUVENTUDE SEM DROGAS E ROCK'N'ROLL [Para os caretas]
IGREJA BATISTA DA VELHICE TRANQÜILA [Para aposentados que não perderam as esperanças]
IGREJA BATISTA ELOHIM SHADEH [Para pseudo-judeus]
IGREJA BATISTA ESTRELA CADENTE [Caindo aos pedaços]
IGREJA BATISTA EVANGÉLICA DA BAZUCA CELESTIAL [O pastor adora filmes do Rambo…]
IGREJA BATISTA GAY DO RIO DE JANEIRO [Para as bibas cariocassssh]
IGREJA BATISTA HOMOSSEXUAL GAYS DE CRISTO [Os viadinhos de Cristo]
IGREJA BATISTA INCÊNDIO DE BÊNÇÃO [Por que essa fixação toda com incêndios e fogo?]
IGREJA BATISTA LOGARÍTMICA DO REINO DE DEUS [Para matemáticos]
IGREJA BATISTA MOÇA BONITA [Tá cheia de baranga]
IGREJA BATISTA NERO SE ARREPENDEU, E VOCÊ?! [Nero, que Nero?]
IGREJA BATISTA PALMA DA MÃO DE CRISTO [Nós lemos o seu futuro!]
IGREJA BATISTA PENTEC. A COBRA DE MOISÉS QUE ENGOLIU AS OUTRAS MÁS E FRACAS [Dissidência enfática daquela outra Igreja]
IGREJA BATISTA PRONTO-SOCORRO DAS ALMAS [Pague o dízimo e o Plano de Saúde]
IGREJA BATISTA TOO MUCH [Ingrish Dimais]
IGREJA BETELGUELSE [Adoradores da Gigante Vermelha!]
IGREJA CANTOS BELLOS [Os vizinhos discordam por que não conseguem dormir; note a influência demoníaca da numerologia nos dois LL]
IGREJA CAVERNA DE ADULÃO [Por que dragão é coisa do demo]
IGREJA CENÁCULO DE ORAÇÃO JESUS ESTÁ VOLTANDO [Ele saiu pra comprar cigarros, mas já volta]
IGREJA CLÍNICA DA ALMA [Mais uma que também vende planos de saúde]
IGREJA CONGREGACIONAL BOCA DO PEIXE [Para os pesacdores]
IGREJA CONGREGACIONAL DE AGRONOMIA DA SALVAÇÃO [Semeando ignorância…]
IGREJA CONGREGACIONAL EXIGIMOS A GRAÇA DE DEUS [Para pessoas exigentes]
IGREJA CONTATO DIRETO DE VIGÉSIMO GRAU COM MILAGRES [Contato Imediato de Terceiro Grau é para os fracos…]
IGREJA CRISTÃ DE TERAPIA CONTRA O ENCOSTO [Anti-candomblé]
IGREJA CRISTÃ EVANGÉLICA ESPÍRITA NACIONAL [Sincretismo brasileiro]
IGREJA CRUZADA EVANGÉLICA COM PASTOR WALDEVINO COELHO, A SUMIDADE [Um pastor muito modesto]
IGREJA CRUZADA EVANGÉLICA DO MINISTÉRIO DE JEOVÁ E DEUS É FIEL [Mais sicretismo]
IGREJA CUSPE DE CRISTO [Quando falta até água benta]
IGREJA DA BEIRA DO TREM [O pastor era maquinista]
IGREJA DA BÊNÇÃO MUNDIAL
IGREJA DA BÊNÇÃO MUNDIAL PEGANDO FOGO DO PODER [Dissidência da anterior]
IGREJA DA FORTUNA [Fortuna? Só se for a do pastor]
IGREJA DA GRANDE FAMÍLIA QUADRANGULAR [Só as famílias de quatro pessoas se salvarão!]
IGREJA DA MÃO ENCOLHIDA E MIRRADA [Para os mãos-de-vaca]
IGREJA DA POMBA BRANCA [Oh!]
IGREJA DE DEUS ASSEMBLÉIA DOS ANCIÃOS [Só os maiores de 70 se salvarão!]
IGREJA DE DEUS DA PROFECIA NO BRASIL E AMÉRICA DO SUL [A Igreja do Mercosul]
IGREJA DE DEUS QUE SE REÚNE NAS CASAS [Por que não ainda não tem dinheiro pra comprar um terreninho e fazer um “templo”]
IGREJA DE JESUS CRISTO NO UNIVERSO
IGREJA DE NOVO AMANHÃ [De novo? amanhã? não!]
IGREJA DEKANTAHLAHBASSYÍ [Chapolin: Dekan-o-quê?]

IGREJA DESPERTAI PARA JESUS [Clara dissidência das Testemunhas de Jeová]
IGREJA DEVOTOS DE CRISTO AO EXTREMO [Para os fiéis que praticam esportes radicais]
IGREJA DO AMOR MAIOR QUE OUTRA FORÇA [Qual força? Força elétrica, magnética, gravitacional ou nuclear?]
IGREJA DO BARRO SANTO DE CURA [Os fiéis impediram o asfaltamento da rua diante da igreja]
IGREJA DO ESPÍRITO SANTO PERDIDO [Está perdido mesmo; até hoje não o encontrei]
IGREJA DO EVANGELHO PLENO DE MISSÃO COREANA PETROPOLITANA [Igreja globalizada]
IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR
IGREJA DO EVANGELHO TRIANGULAR NO BRASIL [Dissidência nacionalista da anterior]
IGREJA DO LOUVRE [Igreja também é cultura?]
IGREJA DO MANTO BRANCO [Nem tão branco assim, já tá um pouco rasgado e precisa de uma lavagem]
IGREJA DO PASTOR SASSÁ [A novela acabou e o Sassá Mutema virou pastor]
IGREJA DO RIO QUE CORRE TORTO [Ou seja: quase todos os rios]
IGREJA DOS ANJOS E SUAS TROMBETAS ESTRIDENTES [Estridentes mesmo são aqueles cânticos insuportáveis!]
IGREJA DOS BONS ARTIFÍCIOS [Não bastassem aqueles cânticos insuportáveis agora soltam fogos de artifício]
IGREJA E BAR EVANGÉLICO ARCA LTDA ME. [Eu vou pro bar, mas não pra igreja]
IGREJA E CLUBE DIVERSÃO PARA O POVO CRISTÃO [Cristão se diverte?]
IGREJA EM NOME DE JESUS [Mais óbvio impossível]
IGREJA 'EU SOU A PORTA' [Literalmente: Inscrição pintada na porta]

IGREJA EVANGÉLICA A MAIOR [Não tem mais de 10 metros quadrados]
IGREJA EVANGÉLICA ADÃO É O HOMEM [E Eva é a mulher, né?]
IGREJA EVANGÉLICA BRASILEIRA DA BOA INTENÇÃO [De boas intenções o inferno está cheio]
IGREJA EVANGÉLICA COMISSÃO DE PASTORES PARA O BEM [Onde você paga comissão para entrar]
IGREJA EVANGÉLICA CRISTO, EU E VOCÊ [Com apenas dois fiéis, é a menor do mundo!]
IGREJA EVANGÉLICA DO PASTOR PAULO ANDRADE “O HOMEM QUE VIVE SEM PECADOS” [Mais um pastor modesto]
IGREJA EVANGÉLICA DOS CAÇADORES DE ALMAS PERDIDAS [Não seriam arcas perdidas?]
IGREJA EVANGÉLICA DOS HINOS MARAVILHOSOS [Há controvérsias…]
IGREJA EVANGÉLICA DOS SEMEADORES [Para os agricultores]
IGREJA EVANGÉLICA FACHO DE LUZ [Para os iluminadores]
IGREJA EVANGÉLICA FLORZINHA DE JESUS [Ui!]
IGREJA EVANGÉLICA H.I.V. (HOMEM, INTELIGÊNCIA, VIDA) [Santa ignorância!]
IGREJA EVANGÉLICA HOLINESS [But wait, there’s more Ingrish]
IGREJA EVANGÉLICA JARDIM REAL EM OBRA DE RESTAURAÇÃO [Por que a fé sem obras está morta, segundo Paulo]
IGREJA EVANGÉLICA KOSKENKORVA DO FIM DA TARDE [Chapolin: Korken-o-quê??]
IGREJA EVANGÉLICA LABAREDAS DE FOGO [Mais adoradores do fogo]
IGREJA EVANGÉLICA MÁRMORE DO BEM [Para os que já foram condenados ao mármore do inferno]
IGREJA EVANGÉLICA MEU DEUS DO CÉU [“Ai, meu deus do céu, roubaram meu fusquinha” faz parte do Hinário]
IGREJA EVANGÉLICA O SENHOR VEM NO FIM [Só se for no fim do dicionário]
IGREJA EVANGÉLICA O TEMPERO DA VIDA [Para cozinheiras]
IGREJA EVANGÉLICA ORIENTAL TAMBORES DA ANUNCIAÇÃO [Apenas para japas]
IGREJA EVANGÉLICA PENTECOSTAL A TENDA DA SALVAÇÃO [É aquela barraquinha de camelô cheia de crucifixos e crentes]
IGREJA EVANGÉLICA PENTECOSTAL LABAREDA DE FOGO [Mais uma para os incendiários]
IGREJA EVANGÉLICA PENTECOSTAL PULEIRO DOS ANJOS  [Puleiro é o lugar onde se pula]
IGREJA EVANGÉLICA RODEIO DE MILAGRES [Para os peões]
IGREJA EVANGÉLICA SAL DA TERRA [Dízimos salgados]
IGREJA EVANGÉLICA SAL FORA DO SALEIRO [Dissidência da anterior]
IGREJA EVANGÉLICA TEMPLO DAS ÁGUIAS (UM SONHO DE IGREJA) [Com um teto cheio de goteiras]
IGREJA FILADÉLFIA [Baseada num comercial de requeijão]
IGREJA FOGO DA SELVA [Chama o Ibama!]
IGREJA FOGUETE RUMO AO CÉU [Para astronautas]
IGREJA GOSPEL COME ON TO GOD [Fucking Ingrish]
IGREJA GRANITO DE MOISÉS [Tá chovendo granito!]
IGREJA HOMPA HONGWANJI [Para os oompa-loompas]
IGREJA IDDAI WAH MEG [Tradução: E dai o seu dinheiro]
IGREJA INDIVIDUALISTA EVANGÉLICA DA AUTO AJUDA [Para os individualistas fãs de auto-ajuda]
IGREJA INFANTIL FOFURAS DO AMANHÃ [Para as crianças obesas]
IGREJA INTERNACIONAL DA SÉTIMA CHAMADA [Para o vestibulando desesperado]
IGREJA M.T.V. (MANTO DA TERNURA EM VIDA) [Plagiada por uma grande rede internacional de televisão musical]
IGREJA MANHATTAN [Plagiada pelo bairro mais chique de Nova York]
IGREJA MESSIÂNICA DO TERCEIRO FOGO A SETE PÉS [Mais fogo…]
IGREJA MESSIÂNICA TOCHAS ARDENTES [Esse negócio de fogo já tá enjoando…]
IGREJA MORUBIXABA EVANGÉLICA BRASILEIRA [Igreja para os índios]
IGREJA MÓVEL FÉ EM CASA [Personal pastor]
IGREJA NOIVA DE JESUS DA SEGUNDA DIVISÃO [Para os vascaínos, fluminenses e corinthianos]
IGREJA OLIMPÍADA BÍBLICA [Eu pensei que olimpíadas fossem pagãs…]
IGREJA ONDAS DE AMOR CRISTÃO [Para surfistas. É issaê!]
IGREJA ORIGINAL DE JESUS CRISTO NÚMERO DOIS [A verdadeira original é a número 1]

IGREJA PENTECOSTAL A CAIXA DE PANDORA [A origem de todos os males]
IGREJA PENTECOSTAL A MAJESTADE O SABIÁ [Só canta música sertaneja]
IGREJA PENTECOSTAL ÁRVORE DO BEM [Lema: O jardineiro é Jesus e as árveres somos nozes]
IGREJA PENTECOSTAL DOS PÉS DESCALÇOS DE JESUS [Tire os sapatos e a carteira ao entrar]
IGREJA PENTECOSTAL EVANGÉLICA A MISSÃO DOS SETENTA DISCÍPULOS [Todas as vagas já foram preenchidas]
IGREJA PENTECOSTAL FRANCESA O AMOR DE CRISTO [Não seria “Le amour de Christ”?]
IGREJA PENTECOSTAL ISRAEL EM CHAMAS [Cuidado com o antissemitismo]
IGREJA PENTECOSTAL JESUS VEM VOCÊ FICA [E só sai depois de pagar o dízimo]
IGREJA PENTECOSTAL MARILYN MONROE [Ave Marilyn, cheia de graça…]

IGREJA PERFECCIONISTA FÉ MAIOR [Para os grandes perfeccionistas]
IGREJA PERFECT LIFE [Para perfeccionistas que falam Ingrish]
IGREJA PIRÂMIDES MISTERIOSAS [Para os arqueólogos]
IGREJA PREBITERIANA DO APOCALIPSE SAGRADO [Para os catastrofistas]
IGREJA PRESBITERIANA JUNTANDO OVELHAS DESGARRADAS DO REBANHO [Igreja especial para pastores e pastores]
IGREJA PRIMITIVA DO SENHOR [Para os primitivistas]
IGREJA QUADRANGULAR DA QUARTA DIMENSÃO [Uma igreja multidimensional]

IGREJA S.B.T. (SANANDO BÊNÇAOS A TODOS) [Silvio Santos é o Senhor!]
IGREJA SÃO COSME, DAMIÃO E DOUM [Toda vez que você diz “Doum” tem que doar um real]
IGREJA SARA NOSSA TERRA [Para os agricultores desesperados com as pragas agrícolas]
IGREJA SAUDADE DE JESUS [Para os saudosistas]
IGREJA SEM PECADOS [Sem pecados? Quer dizer que eu posso fazer o que quiser?]
IGREJA SINAL VERDE PARA O BEM [Para os gurdas de trânsito]
IGREJA SOCORRISTA DAS ALMAS DE VISÃO PROFUNDA [Para os míopes, uma igreja com pastor oftalmologista]
IGREJA SUBIMOS COM JESUS [Para os ascensoristas]
IGREJA TORRE DE BABEL [Para os noveleiros]
IGREJA UNIVERSAL DO CADÊ A MINHA BÊNÇÃO {Você quis dizer: Cadê a minha carteira?]

T

TEMPLO ÂNCORA PARA O CÉU [Para os marinheiros]
TEMPLO DAS DIVINDADES EVANGÉLICAS EM SI [Hinos apenas em si maior]
TEMPLO EVANGÉLICO BÍBLICO DO PROVÉRBIO APOCALÍPTICO [A bíblia mais curta: tem apenas Provérbios e Apocalipse]
TEMPLO EVANGÉLICO FASHION NISSENJI [Mais uma opção para os japas]
TEMPLO EVANGÉLICO TUPYARA [Últma opção para os índios]
TEMPLO FILIAL EVANGÉLICO NITIREN SHONSHU HOKKEKO [Última opção para os japas]
TEMPLO O CORAÇÃO [Para os cardiologistas]
TEMPLO RELIGIOSO DOS BANQUETES E FESTAS [Boca-livre para os baladeiros]

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Monotonia

Conversas monótonas ao redor do mundo. Repita se você for capaz:
Finlandês:
Etsivät etsivät etsivät etsivät etsivät
— Os detetives investigadores estão investigando os detetives investigadores.
Islandês:
Ái á Á á á í á.
— Um fazendeiro chamado Ái vive na fazenda Á e é dono de uma ovelha que está no rio
Malaio:
Sayang, sayang sayang sayang, sayang sayang sayang?
— Amor, eu te amo; querida, você me ama?
Romeno:
Stanca sta-n castan ca Stan.
— Stanca ficou feito uma castanheira em Stan.
Húgaro:
A követ követ követ.
— O enviado segue uma pedra
Tagalog:
Bababa ba? Bababa!
— Descendo? É isso aí!

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Em uma palavra [2]

PAUCILOQÜENTE
adj. sussurando em poucas palavras. Exemplo: “Aqueles políticos travaram um diálogo pauciloquente sobre os atos secretos”.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Provas de que 4=5

A matemática é cheia de armadilhas lógicas falaciosas. Eis uma delas:

–20 = –20
25 – 45 = 16 – 36
52 – 45 = 42 – 36
52 – 45 + 81/4 = 42 – 36 + 81/4
(5 – 9/2)2 = (4 – 9/2)2
5 – 9/2 = 4 – 9/2
5 = 4

E ainda há uma prova real mais simples e óbvia:

4=5

C.Q.D. (Conforme Queríamos Demonstrar)

Deve ser por coisas assim que a matemática não entra na cabeça de muita gente.

Em uma palavra

NOVERCAL
adj. como uma madrasta. Exemplo: “Uma velha senhora com ar novercal”.

domingo, 27 de setembro de 2009

Geração Noé

A atual geração de jovens, formada principalmente pelos nascidos nas décadas de 1980 e 1990 vai ter um papel fundamental e importantíssimo no futuro e na História da Humanidade. Alguém poderia dizer que toda geração jovem pensa em mudar o mundo. Mas, no caso da atual geração, se isso não acontecer, a Humanidade como um todo correrá sérios riscos. Eis por que ela devia ser chamada de Geração Noé.

Não é apenas pela mudança climática. A Humanidade passa por um período crítico que vem se acumulando já há alguns séculos, desde o surgimento da industrialização e do pensamento racionalista-materialista. Ocorre que passamos milênios seguindo basicamente um modelo de sociedade patriarcal, agrário, nacionalista, provinciano, religioso e moralista.

sábado, 26 de setembro de 2009

Pagode tipo Exportação

Eis mais uma amostra de nossa mentalidade agrário-exportadora. Pagode Made in Brazil (onde mais?). Para quem suportar, the english version of “Eu me apaixonei pela pessoa errada”:

Nem mudando de língua essa porra de música melhora. E ainda é uma língua com uma musicalidade totalmente diferente. Conclusão: o pagode não se salva de jeito nenhum! FAIL! FAIL! FAIL!

E agora os gringos vão ter que aturá-lo também… Poor guys!


PS: Se alguém foi capaz de gostar disso, pode ver mais versões no pagodeversions. Mas eu não me responsabilizo.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Terra sem Homens

Um pequeno trecho da fronteira entre o Egito e o Sudão tem a forma de um trapézio. A área, de 2000 km², é desértica.

O Egito diz que pertence ao Sudão; o Sudão diz que é do Egito.

Isso faz de Bir Tawil a única área da Terra (com exceção da Antártica) que não é reclamada por nenhum Estado.

É um bom lugar pros sem-terra invadirem: é totalmente improdutivo e, como ninguém quer, ninguém vai reclamar.

Ou, então, talvez fosse um lugar interessante para se criar uma micronação. Se você tiver um bom dinheiro, disposição e ânimo para viver num clima árido, pode comprar - ou simplesmente ocupar - o território todo e declarar independência! Só não me pergunte o que fazer para sobreviver economicamente numa área árida de 2000 km².

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...