Pesquisar este blog

sábado, 30 de agosto de 2008

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Cectic 12 - A cura pela carteira

Clique para ampliar.

Reiki é uma terapia pseudocientífica de origem tibetana baseada na manipulação da energia vital ou espiritual (ki) através da imposição de mãos com o objetivo de restabelecer o equilíbrio vital e, assim eliminar doenças e promover a saúde. Apesar de determinados relatos, não é reconhecida pela medicina pela ausência de evidências científicas de sua eficácia.

A maioria das escolas ensina que a energia Reiki é uma energia "inteligente" [1], que "sabe o que fazer", ou "onde é precisa". Também afirmam que, por outro lado, se quem recebe não estiver aberto ao tratamento, modificando suas emoções, pensamentos e atos nocivos, a energia não terá efeito duradouro no organismo, persistindo a enfermidade.

Quando a cura está condicionada à crença ou fé isso se chama efeito placebo.

___________
[1] Energia inteligente? Isso é besteira! Como algo que não é material pode ter consciência e "saber o que faz"? Isso é só mais um nome pomposo e dissimulado para deus.

Cectic 11 - Já chegou o disco voador!


Clique para ampliar.

Um wormhole (ou buraco de verme ou buraco de minhoca), é uma característica topológica hipotética do continuum espaço-tempo, a qual é em essência um "atalho" através do espaço e do tempo. Um buraco de verme possui ao menos duas "bocas" as quais são conectadas a uma única "garganta" ou tubo. Se o buraco de verme é transponível, a matéria pode "viajar" de uma boca para outra passando através da garganta. Embora não exista evidência direta da existência de buracos de verme, um contínuum espaço-temporal contendo tais entidades costuma ser considerado válido pela relatividade geral.

O termo buraco de verme (wormhole em inglês) foi criado pelo físico teórico estadunidense John Wheeler em 1957. Todavia, a idéia dos buracos de verme já havia sido inventada em 1921 pelo matemático alemão Hermann Weyl em conexão com sua análise da massa em termos da energia do campo eletromagnético.

Analogia de um wormhole num espaço 2D curvado.

sábado, 23 de agosto de 2008

Cectic 10 - No Bar...


Clique para ampliar.

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

150 anos de evolução


Há exatamente 150 anos, em 20 de agosto de 1858, Charles Darwin publicou pela primeira vez a sua Teoria da Evolução no The Journal of the Proceedings of the Linnean Society of London (um jornal especializado em biologia). Na verdade, porém, Darwin vinha trabalhando com sua teoria desde 1838. No ano seguinte, Darwin escreveria um livro, A Origem das Espécies, no qual aprofundava e explicava a sua teoria, que se baseava no conceito de seleção natural.

A ideia de uma origem comum de todas as espécies e, consequentemente, de evolução não era inteiramente nova. O primeiro a examinar tal ideia, no século VI a.C. foi o filósofo grego Anaximandro de Mileto. Mais tarde, o grego Empédocles e o romano Lucrécio também se interessaram pelo tema. Somente no século XVIII os conhecimentos bilógicos voltaram a se expandir. Assim ideias evolutivas foram propostas por alguns filósofos como Pierre Louis Maupertuis em 1745, Georges-Louis Leclerc (conde de Buffon) entre 1749 e 1778, e Erasmus Darwin em 1796. Este último, por sinal, era avô paterno de Charles Darwin. Na primeira metade do século XIX, o Lamarckismo, teoria proposta por Jean-Baptiste Lamarck, era a explicação científica mais aceita sobre a origem e a evolução da vida.

A obra de Darwin revolucionou o mundo e ainda hoje é a explicação oficial da ciência quando se fala da origem e da evolução da vida na Terra.

Uma das explicações mais simples que pude encontrar é o seguinte vídeo. Nele, o saudoso astrônomo, escritor e divulgador científico, Carl Sagan narra os 4 bilhões* de anos que nos separam das células primordiais. É importante ressaltar que a verdadeira evolução biológica ocorreu em todo aquele espaço de tempo - 4 bilhões de anos - e que não devemos basear nossa noção de evolução na duração do vídeo - pouco mais de 7 minutos.


___________________________________________________________________
* Nota: Para aqueles que não têm ideia do que se trata quando se fala em bilhões, uma comparação é muito útil:
- 1 000 000 (um milhão) de segundos = 12 dias
e
-1 000 000 000 (um bilhão) de segundos = 32 anos
.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

sábado, 16 de agosto de 2008

Cectic 7 - Peça ajuda aos aliens


Clique para ampliar.

É interessante notar como algumas pessoas adoram alguma conspiração envolvendo alienígenas malévolos mancomunados com os governos e que estão por trás dos grandes feitos da humanidade. Essas pessoas, na verdade, são falsos céticos pois duvidam de tudo aquilo que está amplamente comprovado e ainda preferem buscar explicações que envolvem coisas improváveis. Essas pessoas acham que a humanidade é incapaz de grandes feitos. Modestamente, eu acho que tais pessoas é que são incapazes de raciocionar bem.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Cectic 6 -Tladição Chinesa, né?


Clique para ampliar.

É incrível como algumas pessoas só acham que algo é verdadeiro e indiscutível apenas por que é antigo ou tradicional ou por ser parte de uma cultura distante e exótica.

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Cectic 5 - Odin nos livre!


Clique para ampliar.

sábado, 9 de agosto de 2008

Cectic 4 - Doutrinação Infantil


Clique para ampliar.

A propósito, falando em céu e inferno, uma frase de Albert Einstein é bastante reveladora sobre esta doutrina: "Se as pessoas são boas só por temerem um castigo e almejarem uma recompensa, então realmente somos um grupo muito desprezível."

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Cectic 3 - Quase Quarenta Anos Depois....


Clique para ampliar.

terça-feira, 5 de agosto de 2008

sábado, 2 de agosto de 2008

Cectic - ceticismo bem-humorado

A partir de hoje o hypercubic terá conteúdo regular. E uma dose de humor também, mas sem perder o ceticismo. Todas as terças, quintas e sábados serão publicadas as tirinhas Cectic traduzidas por mim.

Eis a primeira (clique para ampliar):

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...